<th id="afvun"></th>

        <dd id="afvun"></dd>
        <progress id="afvun"></progress>
      1. <dd id="afvun"></dd>

          Quarto, comida, piscina: 10 cuidados em hotel para n?o prejudicar a saúde

          Viajar tem tudo a ver com férias e ver?o, mas também exige alguns cuidados para se evitar problemas de saúde e acidentes que podem antecipar a volta para casa. Se você pretende se hospedar em hotel, é importante saber a que ficar atento. A seguir, VivaBem, com apoio de especialistas, lista o que pode ajudar antes de se fazer a reserva e depois.

          Tudo para evitar riscos, aproveitar o momento, sozinho, com amigos, pais, parceiros ou filhos, descansar, se divertir e guardar boas recorda??es. Na pior das hipóteses, tente mudar de hotel.

          N?o use nada fedido ou com manchas

          Roupas de cama e banho devem estar limpas, com aparência de novas. Com manchas ou odor forte, sem chance. Se o quarto n?o é ventilado ou usado há tempo, pe?a para trocar.

          "Fungos e ácaros podem ter se multiplicado ali, facilitando alergias e asma. Se houver cortes recentes na pele, de pós-operatório, ou o hóspede esteja com imunidade baixa, há risco aumentado para infec??es", adverte Wendell Uguetto, cirurgi?o plástico do Hospital Albert Einstein (SP).

          Dê preferência ao box do que à banheira

          Em termos de higiene é preferível banho no box, pois na banheira há contato com o corpo inteiro. Sem limpeza adequada, especialmente em se tratando das de hidromassagem, que têm sistema de tubula??o que quando acionado pode levar resíduos para a parte interna do utensílio, é possível se contaminar e ter infec??es de pele e genitais. Para eliminar impurezas, antes do uso, tampe e encha a banheira de água quente até a borda e minutos depois esvazie.

          N?o sente sem roupa nos móveis do quarto

          Imagem
          Imagem: Thiago Braga / UOL Esporte

          Por precau??o, se o hotel n?o parecer 100% confiável, n?o se sente diretamente, sem roupa, em estofados, cadeiras ou mesmo saunas. Coloque sobre as superfícies um len?ol ou toalha disponibilizados lacrados e que n?o ser?o novamente utilizados.

          Continua após a publicidade

          "Superfícies mal higienizadas, sem dedetiza??o, podem transmitir escabiose, fungos, bactérias e percevejos, que ficam em frestas", alerta Maria Clara Gordiano, dermatologista do Hospital S?o Rafael, de Salvador.

          Prefira janela aberta ao ar-condicionado

          Com cortinas, carpete, papel de parede de tecido, deixe o quarto ventilar. O ar-condicionado ligado suspende o que está no ambiente e se for um modelo antigo pode ser que esteja sem manuten??o, com filtro sujo, o que prejudica tanto a respira??o como a pele.

          Além disso, é preferível ar-condicionado individualizado do que um central, o que possibilita ao hóspede regular a temperatura e evitar sofrer choque térmico, da transi??o do calor para o frio.

          No self-service, melhor evitar comida crua

          é recomendável que n?o se coma salada, sobretudo com muita op??o de folhas, fora de casa, independente da procedência do hotel, orienta Gabriela Cilla, nutricionista graduada em gastronomia pelo Senac e da Clínica NutriCilla (SP).

          Continua após a publicidade

          "Por causa da rotatividade alta, da troca de alimentos, pode ocorrer displicência na higieniza??o. A primeira leva costuma ser melhor, mas conforme a rotina fica corrida, maiores os riscos, sem falar no tempo de exposi??o", diz Cilla.

          Quando nunca comeu, vá com modera??o

          A nutricionista acrescenta que em viagens, ainda mais para lugares novos, em que a gastronomia e a cultura s?o muito diferentes, experimentar novos sabores sem cometer exageros é mais assertivo. "N?o fuja muito da sua rotina alimentar, ainda mais com históricos (de alergia, sensibilidade estomacal, intolerancia, gastrite, v?mito, diarreia), e se vai comer algo gorduroso, modera??o com acompanhamentos, para n?o pesar, ainda mais no clima quente".

          Se requer acessibilidade, n?o ignore sua falta

          Com idosos, pessoas com deficiências e em recupera??o de tratamentos, fuja de hotéis que n?o priorizam bom atendimento, infraestrutura e bem-estar. Antes de fazer a reserva, é importante verificar com a agência de turismo, ou pesquisar muito bem na internet (em sites, comentários, avalia??es), o que o estabelecimento oferece. Se disp?e de elevador, comunica??o em libras, placas em braille, rampas de acesso, corrim?es, barras de apoio e ambulatório médico 24 horas.

          Na área da piscina, de chinelo e na sombra

          Imagem
          Imagem: iStock

          Fora da água, para evitar micoses, mantenha os pés secos e ande sempre cal?ado. Verifique se as bordas da piscina est?o limpas e n?o se sente nelas se estiverem escorregadias, com tom esverdeado ou grudentas. Vale se informar se é feita a higieniza??o regular e se há ducha, para um banho rápido.

          Continua após a publicidade

          "Esse espa?o também deve contar com sombreiros para evitar exposi??o prolongada ao sol e risco de mal-estar", informa Márcia Noya, cardiologista do Hospital Alian?a, em Salvador.

          Com animais silvestres à solta, n?o interaja

          Alguns hotéis s?o do tipo fazenda, ou oferecem intera??o com pets bem cuidados. O que é bem diferente de haver animais silvestres nas áreas de circula??o dos hóspedes. Ent?o, nada de tocar e alimentar, por mais fofo e amigável que seja existe risco de zoonoses e acidentes.

          Além disso, se forem avistados animais em quadras de areia, como de futev?lei, tênis de praia, é possível contrair larva migrans cutanea ou bicho geográfico. Portanto, melhor n?o utilizar.

          Sem seguran?a, n?o é destinado a crian?as

          Nelson Douglas Ejzenbaum, pediatra membro da AAP (Associa??o Americana de Pediatria), contraindica tudo o que houver em hotel destinado para crian?as (parquinhos, piscinas, brinquedos, como tobog?s, pula-pulas), sem fiscaliza??o e profissionais bem treinados para lidar com esse público e seguran?a.

          Continua após a publicidade

          "é necessário ainda ter avisos sobre riscos em barrancos, jardins, piscinas muito fundas; cameras de seguran?a; e cercas e grades em locais de queda."

          Deixe seu comentário

          Só para assinantes
          国产精品揄拍100视频,先锋影音va资源网站,美.国一级黄片,黄色电影免费看

              <th id="afvun"></th>

              <dd id="afvun"></dd>
              <progress id="afvun"></progress>
            1. <dd id="afvun"></dd>